Arquivo mensal: agosto 2011

Artesanato

Padrão

Tenho grandes amigas que além de me prestigiarem acessando este blog, também estão colaborando enviando idéias e material para postagem.

Adoro fazer artesanato, caixinhas, latinhas, garrafinhas, pois além de criar ,contribuimos com o meio ambiente reciclando as embalagens. E como eu, minha amiga Margareth Silva se dedica a criar peças muito lindas com esse reaproveitamento, e melhor, ela vende suas peças e anualmente colabora com diversas entidades filantrópicas doando algumas para bazar.

Caso haja interesse, entrem em contato comigo através do e-mail: vandapanzica@hotmail.com

Margareth, sua filha Jú e eu.

Enfeite garrafa de bebida em pintura dourada e decoupage.

Latinhas de molho tomate, trabalho em decoupage.

Enfeite garrafa de bebida em craquelet e decoupage.

Lata para bebidas, trabalho em craquelet e decoupage.



Look de hoje

Padrão

Sou do tipo que gosta de estar arrumada mesmo para ficar em casa, afinal nunca se sabe,  pode aparecer alguém ou algo inesperado para fazer.

Hoje me arrumei assim. Vou cozinhar, (gosto de fazer umas experiências com a comida e quase sempre dão certo, qualquer hora passo umas inventadas minhas) e como já disse anteriormente, coloco aquele avental bonitinho e não prejudico meu look. Claro que os acessórios só serão colocados caso eu saia, pois não dá pra cozinhar de pulseira, anel, relógio e óculos de sol, mas o restante fica.

Voilá!…

Gisele Büdchen

Padrão

Estava assistindo ao programa da Angelica – “Estrelas” em que ela entrevistou Gisele Büdchen. Sempre fui fã desta linda menina que “deu certo” nas passarelas e muito mais importante… na vida. Ela é muito simples, muito gente. Muito mais do que parabenizar à Gisele pela entrevista, D.Vania Büdchen merece os parabéns pela criação dada à filha, princípios, moral, ética, humanidade, foi tudo o que consegui visualizar em Gisele e que sem dúvida, como ela mesma diz, deve à família. Parabéns à toda a familia Büdchen. Tenho certeza de que os filhos de Gisele serão seres humanos tão bons quanto ela.

Neste mundo tão sem moral, com tanta violência é muito lindo e confortador saber que ainda existem seres humanos íntegros, e que apesar da fama não foram corrompidos.

A idade e a mudança

Padrão

Hoje recebi de minha grande amiga Adelaide, o tema abordado em uma palestra para mulheres, pela poetisa, escritora e tradutora Lya Luft.

E acatando a sugestão  da Adelaide, estou postando, pois sei que ajudará muitas pessoas a encontrarem seu brilho e assim rejuvesnecerem.

 

A autora aos 74 anos de idade.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Idade e a mudança 

“Mês passado participei de um evento sobre as mulheres no mundo contemporâneo.
Era um bate-papo com uma platéia composta de umas 250 mulheres  de todas  as raças, credos e idades.
E por falar em idade, lá pelas tantas, fui questionada sobre a minha e, como não me envergonho dela, respondi.

Foi um momento inesquecível…  A platéia inteira fez um “oooohh” de descrédito.

Aí fiquei pensando: ‘pô, estou neste auditório há quase uma hora exibindo
minha inteligência, ea única coisa que provocou uma reação calorosa da
mulherada foi o fato de eu não aparentar a idade que tenho?
Onde é que nós estamos?’

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Onde, não sei, mas estamos correndo atrás de algo caquético chamado “juventude eterna”.
Estão todos em busca da reversão do tempo.

Acho ótimo, porque decrepitude também não é meu sonho de consumo, mas cirurgias estéticas não dão conta desse assunto sozinhas.

Há um outro truque que faz com que continuemos a ser chamadas de senhoritas, mesmo em idade avançada.
A fonte da juventude chama-se “mudança”.

De fato, quem é escravo da repetição está condenado a virar cadáver antes
da hora.

A única maneira de ser idoso sem envelhecer é não se opor a novos
comportamentos, é ter disposição para guinadas.

Eu pretendo morrer jovem aos 120 anos.

Mudança, o que vem a ser tal coisa?

Minha mãe recentemente mudou do apartamento enorme em que morou a
vida toda para um bem menorzinho.

Teve que vender e doar mais da metade dos móveis e tranqueiras, que havia guardado e, mesmo tendo feito isso com certa dor, ao conquistar uma vida mais compacta e simplificada, rejuvenesceu.

Uma amiga casada há 38 anos cansou das galinhagens do marido e o
mandou passear, sem temer ficar sozinha aos 65 anos.

Rejuvenesceu.

Uma outra cansou da pauleira urbana e trocou um baita emprego por um
não tão bom, só que em Florianópolis, onde ela vai à praia sempre que tem sol.

Rejuvenesceu.

Toda mudança cobra um alto preço emocional.

Antes de se tomar uma decisão difícil, e durante a tomada, chora-se muito,
os questionamentos são inúmeros, a vida se desestabiliza.

Mas então chega o depois, a coisa feita, e aí a recompensa fica escancarada na face.

Mudanças fazem milagres por nossos olhos, e é no olhar que se percebe a
tal juventude eterna.

Um olhar opaco pode ser puxado e repuxado por um cirurgião a ponto de as rugas sumirem, só que continuará opaco porque não existe plástica que
resgate seu brilho.

Quem dá brilho ao olhar é a vida que a gente optou por levar.

Olhe-se no espelho…”

Lya Luft

 

Looks de Frio 2

Padrão

Continuando…

Você não vai sair e quer ficar a vontade, mas bem arrumada pois o maridão, o namorado (ou mesmo qualquer outra pessoa) vai aparecer pro almoço, que tal usar um moleton , mas não da forma tradicional, tipo conjuntinho combinandinho… inove, se arrume, fique mais moderna…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ah!  Você vai cozinhar, isso não é desculpa pra ficar desarrumada, afinal as roupas também se estragam de ficar guardadas, além de sair de moda. Coloque um avental , bem bonitinho pra não estragar o look,  e… voilá!… você continua elegante…

Por hoje é só, espero que tenham gostado.