Tipo Físico PÊRA

Padrão

Você pode dizer que não é muito ligada em  moda, mas é ela que te apresenta ao mundo. O seu modo de vestir é seu cartão de visitas.

A roupa é uma linguagem. Tem um poder de comunicação imediato e inconsciente, mas definitivo. Desde o primeiro olhar sobre uma pessoa, conseguimos juntar uma série de informações preciosas a seu respeito. A maioria associadas ao modo de vestir, que identifica origem social, comportamento, gosto e, principalmente, o sexo a que pertence.

Quem nunca reparou no que o outro está vestindo? Quem passa diante de uma vitrine e não dá uma olhadinha naquela roupa que  chamou a atenção e que gostaria de ter no seu armário?

Há sempre uma roupa que deixa a mulher bem-vestida, independentemente de estar ou não em dia com a dieta e a malhação, diz a consultora de imagem, Carla Martinho.

É! Não há quem não se ligue, mesmo um pouquinho, na moda.

Vamos falar então de tipos físicos e o que é permitido e proibido para cada um deles.

São 5 os tipos físicos, pêra, ampulheta, retângulo, triângulo invertido e oval.

Vamos falar inicialmente do tipo PÊRA.

A forma clássica da brasileira ou do corpo violão. Os ombros são menores do que os quadris. cintura e braços são finos e bem desenhados, e os seios, de pequenos a médios.

O mais importante para a silhueta tipo pera é equilibrar o tamanho dos ombros com o dos quadris, o truque é fazer com que os ombros se estendam horizontalmente, chegando até à medida do quadril, ou diminuir visualmente o quadril, evidenciando  a parte de cima do corpo. É fundamental marcar a cintura, mesmo que de forma leve, para deixar  sua silhueta mais magra. Outra preocupação deve ser alongar o corpo, especialmente se você estiver acima do peso ideal.

Evite:

Camisas de punhos largos, frente única ou cava americana que diminuem ainda mais os ombros; camisetas com alças finas; calças e saias claras, estampadas ou muito justas, bolsos volumosos e bordados na região dos quadris pois aumentam;  calças cápri, cigarrete,  strech, skinny. A boca da calça não deve ser afunilada para você não ficar parecendo uma casquinha de sorvete hahaha!

Peças curtíssimas; cintos finos ou largos caídos na altura dos quadris ; bolsas de alças compridas.

Na parte de cima cor escura e na de baixo  cor clara.

Aposte:

Em blusas chamativas e acinturadas, decotes e detalhes horizontais. Aproveite os braços finos e deixe-os à mostra com blusas de mangas curtas; camisas ou tricôs com a cava mais caída, (devem ultrapassar a linha do ombro, produzindo um efeito de alongamento); decote de ombro a ombro, ou seja, deixando os ombros de fora, (isso aumenta visivelmente os ombros); tomara que caia é ótimo, para as que estão em forma;mangas com volume; blaizers acinturados.

Sobre o comprimento das peças de cima: escolha blusas e casacos que terminem nas partes mais estreitas ou seja, ou acima ou abaixo do quadril, nunca caindo na parte mais larga. Para quem tem pernas mais curtas, prefira que o comprimento seja acima do quadril.

Lenços no pescoço; colares na altura dos seios, de preferência grandes; broches para atrair os olhares para os ombros. Faixas, pences e cintos marcam a cintura.

Para diminuir os quadris, aposte em calças e bermudas secas e retas, sem pregas e sem elásticos para não dar mais volume onde queremos tirar, a boca da calça não deve ser afunilada ; saias levemente afuniladas e de tecidos firmes; saias e vestidos evasê. Cores escuras nessa região também são favoráveis.

Para alongar as pernas salto alto. Sandálias de tiras e saltos grossos dão leveza e equilíbrio a pernas grossas. Já as bolsas, o ideal é que elas tenham alças curtas para serem levadas no ombro ou na mão.

Truque para todos os tipos físicos: usar monocromia, uma cor só no look ou cores próximas alonga a silhueta.

Pesquisa:

http://coisasdasil.blogspot.com/http://vilamulher.terra.com.brhttp://manequim.abril.com.br/;

http://veja.abril.com.br/;http://www.modaemulher.com.br;http://variedadesfemininas.com/

http://carolinesmode.com/stockholmstreetstyle/http://jakandjil.com/

Sobre Senhoras na Moda - Vanda Panzica

Sempre gostei muito de moda e de criar ou tirar idéias para montar meu próprio look. Com a idade temos que observar mais detalhes que nos ajudem a conservar a elegância, esconder imperfeições, realçar belezas que a idade ainda não apagou, além de nos preocuparmos com looks de custos razoáveis. Senti falta de blogs direcionados à nossa faixa etária e foi então que resolvi criar este, aos 58 anos de idade.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s