Look Burgundy ou Bordô

Padrão

Nos desfiles da coleção de inverno  2012, esta é uma das cores tendência. Mudou o nome, algumas vezes um pouco da tonalidade, mas na verdade continua sendo nosso velho e chic bordô(bordeaux)  ou vinho.

Quente e vibrante. Assim é o bordô, uma cor carregada de energia yang, como todos os tons profundos de vermelho. É, por isso, associada à paixão, ao movimento e ao luxo. Este pigmento foi usado, na história, para tingir mantos reais e era ainda o preferido na decoração de castelos e palácios.

Hoje, o bordô ganhou uma versão mais democrática e está em todos os ambientes – em pequenos objetos, na mobília ou em paredes inteiras – e nas roupas também. Tudo isso sem perder a pose.

O tom é conhecido ainda como cor de vinho, que vem da bebida, nobre e densa. Vale saber que o nome desta cor vem de Bordeaux, uma região de vinhedos na França que produz uvas cujo suco é aveludado e encorpado.

A relação entre a cor do vinho e a sensualidade é antiga e tem sua origem na mitologia greco-romana, com Baco, conhecido também como Dionísio, o deus das festas e das orgias regadas a taças e mais taças da bebida.

No antigo Egito e em Roma, o vermelho púrpura, uma das variantes do bordô, era associado à justiça, nobreza espiritual e rituais sagrados.

O primeiro registro do uso “bordeaux” como um nome de cor em inglês foi em 1881, enquanto que o termo “Burgundy” tem origem francesa.

A cor bordô foi a mais popular cor de batom entre as mulheres na década de 1990 e voltou com força total , desbacando a tese de que só quem a usa são as pessoas que pertencem à subcultura gótica.

Gosto muito desta cor, e hoje meu look foi composto por calça nesse tom, combinado com cinza, e bolsa metalizada(que também é tendência),  Gostei do resultado.

Pesquisa: http://mdemulher.abril.com.br/

http://falandosalto.com.br/

http://revistaestilo.abril.com.br/

Anúncios

Sobre Senhoras na Moda - Vanda Panzica

Sempre gostei muito de moda e de criar ou tirar idéias para montar meu próprio look. Com a idade temos que observar mais detalhes que nos ajudem a conservar a elegância, esconder imperfeições, realçar belezas que a idade ainda não apagou, além de nos preocuparmos com looks de custos razoáveis. Senti falta de blogs direcionados à nossa faixa etária e foi então que resolvi criar este, aos 58 anos de idade.

»

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s