Arquivo mensal: fevereiro 2012

Bolsas

Padrão

Coco Chanel marcou a história da moda com suas criações, uma delas a clássica bolsa Chanel 2.55. Seu nome se refere à data em que foi criada fevereiro de 1955. A estilista precisava manter suas mãos livres, sem correr o risco de perder a bolsa, então adicionou alças para pendurá-la no ombro, o que na época era usado apenas por mensageiros ou militares. Foi confeccionada em couro matelessado, forro cor Borgonha, com alças de correntes. Em seu interior, compartimentos para batom, dinheiro (e diz a lenda suas cartas de amor). Na época o fecho era retangular.

O fecho com a logo dos CCs entrelaçados e o couro entre as correntes foram adiconados posteriormente. Até hoje ela é reproduzida e desejada.

Independente de quem criou ou confeccionou as bolsas, toda mulher faz delas seu sonho de consumo, portanto, escolha seu estilo, sua necessidade e tenha muitas bolsas!!! Sem culpa! Afinal, você é apenas uma das muitas mulheres que adoram comprar e trocar de bolsas.

 

 

 

 

 

Pesquisa:

http://redkenbrasil.com/b/tag/chanel

Anúncios

Tendência – Saia lápis

Padrão

Mais um revival.

As saias lápis, tendência do verão, continuam imperando no inverno! Um ícone de classe , sofisticação e feminilidade ! Antes associada ao ambiente de trabalho e item limitado ao guarda-roupa executivo, caiu nas graças das fashionistas.

Elas surgiram em meados dos anos 1950 e logo se tornaram um clássico do guarda-roupa feminino. Sensuais, discretas e, acima de tudo, elegantes, as saias lápis são freqüentemente associadas a mulheres poderosas. Parte dessa fama se deve ao cinema francês da época, com suas heroínas bem-vestidas, geralmente adeptas do modelo. No Brasil, a peça foi amplamente adotada na década de 1960, complementada com scarpins e twin-sets. Durante a última São Paulo Fashion Week, apareceu em versões ousadas, combinada com tops curtos.

Saia lápis é aquela saia ajustada (sem ser justa!) que tem comprimento na altura ou um pouco abaixo do joelho. Precisa ser usada com cuidado, não pode ser justa, você tem que se sentir confortável dentro dela. Funciona em quem não tem barriguinha nem culote.

Quem não tem a cintura muito marcada, os modelos que parecem ter um cinto ajudam a definir a cintura.

Se está um pouco acima do peso, pode usar com colete ou blazer para disfarçar o quadril.

Se vai usá-la no trabalho, evite as fendas frontais, pois na hora de sentar ou subir uma escada pode mostrar mais do que deve.

Sapatos de saltos altos são perfeitos para deixar o visual ainda mais elegante e feminino.

Malhas ou outros tecidos com elastano dispensam a tradicional fenda na parte de trás da saia.

Acho linda! Quem se habilita? Aqui vão algumas sugestões.

Pesquisa:

http://manequim.abril.com.br/      http://www.justlia.com.br/    http://chic.ig.com.br/moda/  http://www.rabusch.com.br

http://www.rabusch.com.br/

 

 

 

 

Arte – Tanya Ling – Ilustradora

Padrão

Tanya Ling nasceu em Calcutá e viveu nos EUA, Africa e Inglaterra até se estabelecer em Londres. Estudou Designe de Moda e Têxtil na St Martins School of Art, em Londres, e trabalhou para Dorothee Bis e Chrisitan Lacroix em Paris.

Já ilustrou para Armani, Louis Vuitton, Chanel, Cristian Dior, Prada, YSL, Hermés, entre outras marcas.

Em 2002, depois de desenvolver uma coleção exclusiva, foi eleita pela Vogue britânica como uma das trendsetters mais importantes da Grã Bretanha.

A  indiana brinca com o fashionismo das passarelas, criando modelos abstratas cheias de estilo e referências, com traços delicados e produções impecáveis.

 

 

 

 

 

 

Pesquisa:

http://duettoprodutora.wordpress.com/

http://achadosdabia.com.br/2012/02/21/a-arte-de-tanya-ling/

http://neworder.com.br/blog/tag/tanya-ling/

Look – Pretinho Básico

Padrão

Em 1926 a revista Vogue divulgou uma ilustração do modelo criado pela estilista Coco Chanel. Às vésperas da segunda grande guerra, o modelo passou despercebido.

Antes dos anos 20, as jovens não podiam usar preto e as senhoras o vestiam apenas no período de luto.

Em 1947 Christian Dior ressuscita e populariza o que ficou conhecido como uniforme de moças que combinavam essa peça com golas e luvas brancas, colar de pérolas, sapatos coloridos e estola de pele.

O sucesso foi tamanho que as décadas seguintes trataram de promover suas próprias releituras do clássico. Nos anos 60, o “pretinho básico” ganha nova cara,  pelas mãos do francês Hubert Givenchy. O modelo Chique, usado por Jacqueline Kennedy, elegante e feminino, no corpo de Audrey Hepburn fica eternizado pela personagem da atriz no filme Bonequinha de Luxo.

Nos anos 80, ele encarna de vez o papel de salva-vidas fashion. Simples e elegante, o vestido passa a ser o uniforme ideal para as mulheres que correm atrás do seu espaço no mercado de trabalho isso, é claro, sem abrir mão da feminilidade.

A partir dos anos 90, o desenvolvimento de novos tecidos deixou o “pretinho básico” ainda mais versátil.

Os estilistas garantem que toda mulher deve ter um em seu closet, que de acordo com os acessórios indicará o tipo de compromisso.

Hoje a variedade de modelos e tecidos é grande, e ele pode ser usado por qualquer tipo de corpo, desde a mais magrinha à mais cheinha, da mais jovem à de mais idade, dependendo da escolha do modelo adequado. Por não exigir grandes combinações, é o escolhido em dias de pouca inspiração ou correria, com a certeza, no final, de um look elegante e sofisticado.

Você pode ir do casual ao chique dependendo da escolha dos acessórios. Um único acessório faz toda a diferença no look.

Essa não é apenas a escolha de quem não tem muita variedade no guarda roupa, é também a aposta de muitas celebridades e muitas mulheres famosas que usam e abusam do look tradicional.

“Uma mulher precisa de apenas duas coisas na vida: um vestido preto e um homem que a ame”. Coco Chanel

Dicas para comprar seu pretinho básico:

*Escolha um vestido de linhas simples e corte reto.

 

*Prefira modelos acima ou um pouco abaixo do joelho, que vão bem tanto em uma reunião de trabalho quanto num passeio.

*A menos que seu evento seja a noite, esqueça detalhes de brilhos e bordados em excesso, pois farão com que você não use seu vestido em algumas ocasiões.

*Fuja de tecidos como lycra (que ficam muito bem nas mais jovens e com o corpo lindo) e vá atrás de vestidos mais estruturados como lã, linho e jérsei.

 

*Experimente um modelo assimétrico ou com decotes diferenciados. Eles deixam a peça mais moderna e você mais jovem.

 

*Se você esta acima do peso. Prefira modelos que escondam os braços gordinhos. Se você escolheu um modelo com alças, opte por lenços, casaquinhos ou boleros.

 

*Os modelos tomara-que-caia são os mais cotados para looks noturnos. Se você esta com tudo em cima, aposte nos acessórios e arrase.

Longos, midi :

Curtos de Festa:

Longos de Festa:

Pesquisa:

http://www.mulheresmodernas.com/  http://morganalanussy.blogspot.com/   http://alemakeart.blogspot.com/

http://riachuelo.com.br/   http://cerradochic.blogspot.com/     http://armamoda.blogspot.com/ http://senhoritamarmelada.blogspot.com/

Arte – George Chamoun – Iconatomy

Padrão

O estudante de arte George Chamoun monta seu projeto Iconatomy – uma mistura de anatomia e ícones cinematográficos.  Uma colagem de atores não muito diferentes, mas de épocas bem distantes. O artista sueco esclarece que  não está comparando os atores, mas apenas fazendo uma montagem.

Criativo! Adorei!

Elizabeth Taylor e Angelina Jolie

James Dean e Robert Pattinson

Marilyn Monroe e Scarlett Johansson

Cary Grant e George Clooney

Natalie Portman e Audrey Hepburn

Conheça mais sobre George Chamoun aqui: George Chamoun

http://www.zupi.com.br

Look Petit Pois – Bolinhas – Polka-dots

Padrão
Estampa de maxi-pois,  petit- pois (pronuncia-se petí poá) , polka-dots, bolinhas, não importa como é chamado, é um classico. Muito usada nos anos 50 é sempre bem vinda para acrescentar elegância, feminilidade e delicadeza ao look.

São várias as opções de como usá-la, existem estampas de bolinhas de diversas cores, mas na dúvida, a melhor opção é sempre apostar na combinação básica do preto e branco.

Mulheres um pouco acima do peso devem optar por bolinhas menores para disfarçar os excessos. Já as mulheres magras devem abusar de bolinhas maiores, elas dão mais volume ao corpo.

Você pode usá-la  também nos acessórios, bolsas, lenços, pulseiras, sapatos…

blog batom de chocolate

 

blog da Alice Ferraz

blog da Mariah

blog Maria Sophia

blog Carla closet

blog achados da Bia

blog da Thassia

 

O luxuoso parque celeste de Singapura

Padrão

O luxuoso hotel Marina Bay Sands, abriu em 24 de junho de 2011, suas portas em Singapura, foi desenhado com um novo conceito. O arquiteto Moshe Safdie, um dos mais renomados do mundo, colocou no topo de três prédios com mais de 200 metros de altura um parque aquático que impressiona pela vista e riqueza da decoração.

Como se fosse uma passarela em forma de navio, interligando os três prédios,  o parque celeste tem um jardim, um centro de convenções, um shopping center e um casino. A intenção do arquiteto, ao desenhar a estrutura, é causar um impressão de concentração urbana, inspirada em conceitos das grandes cidades da história antiga.

“O Marina Bay Sands é mais do que um edifício, é o microcosmo de uma cidade, enraizada na cultura, clima e vida contemporânea de Singapura”, diz Moshe Safdie.

No total, o luxoso hotel tem 2.500 quartos e está localizado em uma área de 929 mil metros quadrados de Singapura. Aqui estão os casinos, bares e restaurantes mais caros do mundo, como também a piscina suspensa ao ar livre maior do mundo com 150 metros de largura e inclui um museu de arte moderna. O projeto custou mais de 5 bilhões de dólares.

Sonho de consumo! Mentirinha, tenho medo de altura! Socorro! Mas, para quem curte é lindo demais. Quem se habilita???

http://exame.abril.com.br/