Arquivo mensal: março 2012

Receita de Brigadeirão de Microondas

Padrão

Este é o mês do chocolate, então, não se esforce, nem se martirize com os quilinhos a mais que ele nos proporciona. Coma hoje… passe fome amanhã… mas coma! Muito? Pouco? Coma!

…-Uma equipe da Universidade de Tel Aviv descobriu que comer bolo como parte de um café da manhã equilibrado de 600 calorias, que inclua também proteínas e carboidratos, pode ajudar aqueles que adoram uma dieta a perder mais peso – e mantê-lo no decorrer do tempo. Pois é quando o metabolismo do corpo está mais ativo e nós somos capazes de trabalhar as calorias extras ao longo do dia….

Então!…Só para aguçar um pouquinho esse desejo, aqui vai a receita de brigadeirão, fácil, rápido, e delicioso. Sempre que faço, todos adoram!

 

Brigadeirão

3 ovos inteiros

2 caixinhas de creme de leite

1 lata de leite condensado

1 lata de chocolate em pó (nescau, toddy)

1 colher de manteiga

Bater tudo no liquidificador, colocar numa forma especial para microondas (não precisa untar). Colocar na potência alta por mais ou menos 7 a 8 minutos . Caso você queira que fique com um pouco de calda deixe menos tempo. Na dúvida coloque 7 minutos e vá aumentando se necessário.

Bom apetite e bom final de sábado.

 

 

Decoradora Ana Maria Bogar

Padrão

A  designer de interiores Ana Maria é uma querida amiga e comadre (sou madrinha de sua filha) e uma profissional que admiro muito pelo seu extremo bom gosto e capacidade de absorver o que o cliente gosta e necessita, criando ambientes elegantes e funcionais. Seu escritório Design & Decoração se destaca por unir estilo, conforto e funcionalidade em seus projetos.

“O ponto alto do projeto é a satisfação do cliente”, afirma Ana Maria, que além de trabalhar com a decoração de residências, áreas comerciais e institucionais, também está envolvida com vários eventos da área como: jurada em concursos de decoração, viagens internacionais e ministrando palestras e seminários sobre o assunto. O estilo arrojado e moderno da decoradora pode ser apreciado em São Paulo e grande ABC em várias vitrines, show roons e mostras que levam sua assinatura.

Ana Maria Bogar

av Pedro II,Dom, 1641, Sl 131, Campestre, Santo André – SP, 9080111

Santo André, SP

(11) 4991 5090

bogar@uol.com.br

Pesquisa:

http://milinharabelo.wordpress.com/

http://arquidesign.com.br/

Como conservar as roupas de inverno

Padrão

O outono chegou e o inverno se aproxima. E quando os dias frios dão o ar da graça, o ato de tirar do armário as roupas de couro, lã e camurça costuma trazer surpresas desagradáveis: mau cheiro, manchas e deformidades. Quer evitar que esses problemas se repitam? Siga as 30 dicas do gerente operacional da Quality Lavanderia, Ricardo Monteiro, para a conservação de cada tipo de tecido:

Couro


1) Nunca use capas plásticas para guardar qualquer tipo de roupa. Dê preferência a sacos de TNT (tecido não tecido). No caso do couro, aposte nos sacos escuros, que evitam a degradação do corante com a incidência de luz;
2) A cada 30 dias, coloque as peças em local fresco e com sombra;
3)Para pendurar , use cabides plásticos ou de madeira com ombro largo para não deformar;
4) Jamais guarde  se estiverem sujos ou úmidos de suor ou chuva;
5) Peças de couro liso podem receber uma limpeza básica com pano úmido e produtos de higiene e hidratação específicos, vendidos em lojas especializadas;
6) A lavagem deve ser realizada, no mínimo, duas vezes por ano ou quando a roupa apresentar pequenos sinais de sujeira. De acordo com Monteiro, o ideal é levá-la a uma lavanderia.


7) Tecidos de lã só podem ser lavados com detergente neutro, no processo delicado da máquina de lavar. O sabão em pó encolhe e endurece a lã;
8) Seque, de preferência sobre uma tela horizontal, em local fresco e arejado;
9) Evite secadora e fontes de calor;
10) Passe as peças na temperatura de lã (150º C), de preferência com sapata de proteção na base do ferro

Malhas e tricôs


11) A lavagem de malhas e tricôs deve ser feita manualmente, no molho com detergente neutro;
12) As roupas não podem ser torcidas, centrifugadas ou penduradas porque estiram e deformam. O ideal é remover a água por compactação em forma de bolo. O excesso de umidade pode ser retirado enrolando a peça em toalha felpuda;
13) A secagem deve ser feita sobre uma tela na horizontal, em local fresco e arejado;
14) Malhas e tricôs não podem ser passados, porque deformam.

Cashmere


15) O melhor tratamento para cashmere é a limpeza a seco. Caso opte por lavar com água, use detergente neutro. Existe o risco de retração nas fibras, semelhante ao encolhimento.
16) As roupas não devem ser passadas.

Camurça


17) Assim como o couro, por se tratar de pele animal, o ideal é confiar o serviço a uma lavanderia especializada. Tratamentos caseiros normalmente estragam o produto;
18) A peça deve ser guardada limpa em capa de TNT, em local seco;
19 ) Deixe tomar ar pelo menos uma vez ao mês em local arejado e fresco.

Veludo


20) O veludo cotelê pode ser lavado normalmente na máquina com sabão em pó;
21) Secadoras ou estufas causam encolhimento. Portanto, a secagem deve ser feita com a peça pendurada em local arejado e fresco;
22)Passe na temperatura de algodão (180º C), de preferência com sapata de proteção na base do ferro;
23) Veludo alemão só pode ser lavado a seco, já que qualquer outro tipo de limpeza pode estragá-lo.

Soft


24)É um dos tecidos de inverno menos problemáticos. Pode ser lavado normalmente na máquina, com sabão em pó.

Flanela


25) O tecido pode ser lavado na máquina com sabão em pó;
26) Não utilize secadora ou estufa, porque encolhe com facilidade;
27) A secagem deve ser feita em local fresco e arejado;
28)Passe a roupa com ferro na temperatura de algodão (180º C), de preferência com sapata de proteção.

Edredons e cobertores


29) Devem ser guardados em capas de TNT
30) O peso e o volume de cobertores e edredons pode quebrar a máquina de lavar doméstica. Por isso, se aconselha levá-los às lavanderias, se possível, a cada três meses.

http://brincadeirademulher.blogspot.com.br/

Réplica da Casa da Hello Kitty

Padrão

Uma casa em Taiwan recebeu toda a decoração (sofá, poltronas, mesas, tv e quarto) inspirada na Hello Kitty; todos os ambientes são estilizados com laços e retratos da gatinha. Apesar do design incomum para uma casa tradicional, o projeto foi realizado com a finalidade de ser alugada durante as férias.

O “Hello Kitty Resort” possui 3 quartos duplos, que pode acomodar até seis pessoas, e um restaurante temático da gatinha mais famosa do planeta.

O aluguél, que dá direito a café da manhã, chá da tarde, 5 bonecas da gatinha e gadgets especiais, sai  por cerca de R$ 850 por noite, durante a semana, e cerca de R$ 1000 durante os fins de semana.

Livro – Quem queimou meu sutiã?

Padrão

A autora relata a vida de uma mulher desde seu nascimento até os seus quarenta anos, a personagem é narrada em primeira pessoa.

O cenário começa no Brasil da ditadura militar e termina na era do presidente Lula. Toda narrativa dos conflitos e sucessos pessoais e cotidianos são repletos de humor e superação.

O livro retrata uma geração de mulheres que nasceu na era do pós feminismo e adolesceu com grandes ídolos do rock pop nacional, adultas colheram todos os ganhos profissionais e sociais que suas ancestrais jamais experimentaram, mas também perderam muito da essência e delicadeza feminina, uma geração que também olha para si mesma dor, por culpa de uma jornada insana de muitos compromissos e responsabilidades familiar e profissional.

Numa narrativa envolvente e engraçada se descobre que as mulheres modernas foram preparadas para os ganhos da liberdade conquistada mas não para as perdas familiares e pessoais percebidas.

A autora Morenna Machado

Insisto que não é auto biografia  apesar de algumas coincidências comigo e outras leitoras. A idéia não é discutir feminismo, machismo ou gênero, penso que seja mais do que isto, é nos entender como seres humanos em um  mundo globalmente  tão novo e veloz que não temos pernas e cérebro para alcançá-lo e nos adptar. Enfim estamos assim vivendo pelo erro e acerto, graças à Deus acertamos mais do que erramos. Morenna Machado

http://morennamachado.blogspot.com.br

http://www.universodoautor.com.br/

Tendência Veludo

Padrão

Palavra originada do latim villosus, usada para referir-se ao tecido natural ou sintético que tem o avesso liso e o lado de fora coberto de pêlos curtos, densos e bem fechados com textura macia e agradável ao toque. Era utilizado para confeccionar a roupa dos ricos e poderosos.

Cotelê, estampado,liso, molhado, de seda ou de algodão, o veludo sempre foi muito apreciado na moda contemporânea, principalmente nas décadas de 60 e 70.  Com versões menos “nobres”, feitas de material sintético, que reduziu o custo, o tecido se popularizou em calças, saias , minivestidos, coletes e outras peças.

 

Este tecido tem mais de 4 mil anos. Os primeiros a fabricarem o veludo foram os egípcios e, depois, os italianos foram os responsáveis pela sua difusão lá pelo século XIV. Originalmente, todo veludo era feito de seda. Hoje, muitos são produzidos a partir de viscose, rayon, polyester e cotton.

A cada temporada, as peças de veludo ganham novas leituras para se manter atual no guarda-roupa feminino. A coqueluche desta estação são os paletós curtos e sequinhos confeccionados com todos os tipos de veludo: liso, molhado, cotelê e dévore, bastante usado em peças de decoração e que traz estampas com textura desgastada.

Como usar roupas com veludo

É um tecido que além de aquecer, possui um brilho natural, fazendo com que peças simples se tornem luxuosas, deixando a estação mais rica e aquecida.

Até algumas temporadas  era considerado démodé e “roupa da vovó”. Mas, como tantos outros itens e peças que eram renegados e viviam às margens do universo fashion, ele retornou repaginado e em peças antes não tão frequentes, como a calça.

Sair de manhã para trabalhar, com um casaqueto de veludo molhado com uma calça social ou saia secretária, juntamente com uma camisa branca, deixa o look trabalho mais sofisticado. Ainda para o dia, mas, para uma ocasião mais informal, você pode apostar em saias  e calças de veludo, combinadas com blusinhas básicas e casuais.

Para a noite o veludo ganha status de luxuoso, se usado num vestido, longo ou curto.   Sempre use sapato de salto alto e fino, e acessórios também glamurosos, pois, o veludo pede sofisticação na produção toda, e isto inclui cabelo, unhas e maquiagem.

Para peças que serão usadas na parte inferior do corpo, como calças ou saias, prefira os veludos que não marcam, pois, vincam quando sofrem pressão, como, ao sentar-se. Aposte no cotelê que  além de não marcar, ele é estruturadom,  fica ótimo em calças e saias.

Como cuidar das roupas de veludo
Sempre pendurar para não marcar.
O veludo é um tecido delicado. Por isso, sempre que possível, escove antes de pendurá-lo…para tirar aqueles pelinhos que ficam presos.
Para não deixar o tecido marcado, não use a cadeira como cabide nem dobre as pecas que forem maiores.
Pesquisa:

http://www.mixdicas.com/

http://kikacloset.blogspot.com.br/

http://pencefundamental.wordpress.com/

http://sublimeperfumes.blogspot.com.br/