Alimentos amigos da Menopausa

Padrão

Menopausa, estágio caracterizado pela perda gradativa de hormônios como o estrógeno e a progesterona. Essa fase traz diversas mudanças de ordem emocional. E pode vir acompanhada de sintomas desagradáveis, como ondas de calor, diminuição da atenção, irritabilidade, insônia, perda da elasticidade da pele e queda na absorção do cálcio.

Muitas mulheres optam pela reposição hormonal, que pode ser feita de várias maneiras. O problema é que a maioria provoca reações indesejáveis, levando muitas a abandonar o tratamento ou procurar métodos alternativos, que podem incluir substâncias contidas em alguns  alimentos que atuam no organismo como repositores hormonais naturais, chamados fitormônios ou fitoestrógenos.

Os fitoestrógenos têm propriedades  terapêuticas, podendo alterar a menstruação e diminuir os sintomas do climatério. Também previnem a perda da densidade óssea, causadora da osteoporose. O fitoestrógeno mais estudado é a isoflavona, presente na soja. O consumo indicado é de 50mg/dia, quantidade facilmente alcançada com a inclusão do grão ou de seus substratos no cardápio diário. Para se ter uma idéia, meia xícara de grãos de soja contém, em média, 216mg de isoflavona.

Outros alimentos podem ajudar  nessa fase. São eles:

Peixes como atum, sardinha ou salmão – Contém ômega 3, que reduz o triglicérides e auxilia no aumento do HDL, o famoso bom colesterol. A fase da menopausa coloca a mulher  em risco cardiovascular, já que não se tem mais as proteções do estrogênio e da progesterona.

Leite e derivados – Não devem faltar no cardápio diário. Cuidado com o café, famoso por diminuir a absorção do cálcio contido no leite. Iogurte natural com proteínas, cálcio, fortalecendo os ossos e estimulando a síntese do colágeno. Hortaliças verdes escuras também são ricas em cálcio e contém ácido fólico que ajuda a proteger contra o câncer de mama.

Ovo – Como saiu da lista dos alimentos que fazem mal para a saúde, não devemos deixá-lo de lado. A clara fornece grande quantidade de proteína, importante para ajudar na firmeza dos tecidos e da pele; e a gema contém vitaminas D (que ajuda na absorção do cálcio), E (potente antioxidante) e A (que auxilia na integridade da pele). Prefira consumi-lo cozido ou na forma de omelete.

Chá verde, que auxilia na circulação e digestão.

Azeite de oliva, que é rico em gordura monoinsaturada e contém vitaminas que previnem doenças do coração.

Castanha do Pará: rica em selênio, é um excelente antioxidante. Além disso, ajuda no funcionamento da tireóide, a fortalecer o sistema imunológico e as funções cerebrais que durante a menopausa têm uma diminuição. Por ser rica também em vitamina E, ajuda a diminuir as ondas de calor.

Laranja: assim como as demais frutas cítricas (morango, limão, caju), ela contém vitamina C, necessária para a síntese dos hormônios ovarianos.

Tomate: possui licopeno, um antioxidante que protege as células evitando o envelhecimento precoce e ajuda a fortalecer o sistema imunológico.

Beterraba:  é rica em magnésio, que age no bom humor e relaxamento muscular.

Linhaça: é uma das fontes alimentares de lignanas, um fitoesteróide que “imita” a ação do estrógeno. Além de ser fonte de fibras que dão mais saciedade, e ajudam no controle do peso.

Carnes magras: as carnes magras, assim como os queijos brancos, nozes e leguminosas são alimentos ricos em triptofano que tem participação importantíssima na formação de serotonina, um hormônio relacionado ao prazer e bem estar.

Evite:

Comidas apimentadas, pois as ondas de calor podem aumentar;

Para o emocional, exclua alimentos como café, chocolate e chás de coloração escura. O chá de camomila continua sendo ótimo aliado no controle do estresse.

Aproveitar essa fase para curtir bons momentos pode tornar tudo mais fácil. Considere que essa pode ser a sua última oportunidade para fazer mudanças, e isso inclui ter qualidade de vida. Movimente-se! Ame-se!

Pesquisa:

http://cyberdiet.terra.com.br/

http://www.saudecominteligencia.com.br

Revista Dia-a-Dia – Alessandra Nunes

Anúncios

Sobre Senhoras na Moda - Vanda Panzica

Sempre gostei muito de moda e de criar ou tirar idéias para montar meu próprio look. Com a idade temos que observar mais detalhes que nos ajudem a conservar a elegância, esconder imperfeições, realçar belezas que a idade ainda não apagou, além de nos preocuparmos com looks de custos razoáveis. Senti falta de blogs direcionados à nossa faixa etária e foi então que resolvi criar este, aos 58 anos de idade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s