Saia Lápis

Padrão


Na minha opinião, é um dos ítens que nunca saem de moda, sempre elegante,  fazendo com que a mulher fique bela ao vestí-la! Sou fã!

Elas surgiram em meados dos anos 1950 e logo se tornaram um clássico do guarda-roupa feminino. Sensuais, discretas e, acima de tudo, elegantes, as saias lápis são freqüentemente associadas a mulheres poderosas. Uma figura conhecida, que ajudou a eternizar o modelo foi Marilyn Monroe. Parte dessa fama se deve ao cinema francês da época, com suas heroínas bem-vestidas, geralmente adeptas do modelo. No Brasil, a peça foi amplamente adotada na década de 1960, complementada com scarpins e twin-sets.

A saia lápis tem a cintura mais alta e segue justa ao corpo. Lembra secretária, executiva e até mesmo aeromoça, é uma das peças mais democráticas do guarda roupas feminino, e se encaixa perfeitamente em diversos momentos do dia, eventos noturnos ou diurnos, e também, no trabalho.

Glória Kalil criou algumas dicas para acertar em cheio os looks com saia lápis, e não fazer com que a peça chave se torne uma peça monstro no seu look.

Respeite os mistérios da saia lápis:

1. A primeira providência ao experimentar uma saia lápis é olhar o bumbum em um bom espelho duplo para ver como ficou. E dar alguns passos para ver como ela (a saia) e seu traseiro se comportam em movimento.2. O comprimento deve ficar por volta do joelho – ou um pouco abaixo3. Se o tecido da saia for fino ou leve (malha, cetim, seda) use sempre com uma anágua de jérsei ou qualquer tecido bem escorregadio para que ela caia bem, não marque a calcinha nem grude de um jeito feio na parte de trás. Outra vantagem da anágua: evita que a saia deforme.


4. Se você tiver pernas longas e corpo curto use sempre com blusa, suéter ou paletó por fora da saia. Blusas por dentro da saia diminuem ainda mais o comprimento do corpo.

5. Saias justas ficam ótimas com sapatos ou sandálias de salto alto.

6. Saias justas detestam a companhia de sapatilhas de bico arredondado e sapatos de boneca.

7. Saias justas em cores escuras diminuem quadris (por incrível que pareça, as estampadas também); em cores claras, dobram o tamanho deles.

8. Para que ela não estique e forme horrorosos bolsões no bumbum, prefira saias feitas com tecidos que tenham um pouco de elastano.

Ao contrário do que muita gente imagina as gordinhas também podem usar a saia lápis.  Ela ajuda a afinar a silhueta e marcar a cintura, principalmente as que vão até os joelhos (abaixo dos joelhos é indicado para as mais altas que querem disfarçar as pernas). Se for usar os modelos plus size, procure as saias de tecido mais maleável e com elastano.

Pesquisa:

http://manequim.abril.com.br/

http://www.arrumeolaco.com/

Anúncios

Sobre Senhoras na Moda - Vanda Panzica

Sempre gostei muito de moda e de criar ou tirar idéias para montar meu próprio look. Com a idade temos que observar mais detalhes que nos ajudem a conservar a elegância, esconder imperfeições, realçar belezas que a idade ainda não apagou, além de nos preocuparmos com looks de custos razoáveis. Senti falta de blogs direcionados à nossa faixa etária e foi então que resolvi criar este, aos 58 anos de idade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s