Nina Ricci – Peter Copping – Inverno 2013

Padrão

A estilista italiana Nina Ricci (seu verdadeiro nome Maria Adelaide Nielli) (Turim, 14 de Janeiro 1883-30 novembro 1970), costureira francesa de origem italiana. Mudou-se para Florença com 5 anos e para a França com 12. Aos 14, virou aprendiz de costureira e aos 18 já desenhava e vendia suas peças em lojas de moda. Casou-se com Luigi Ricci e teve um filho. Em 1932, aos 49 anos, abriu a própria marca em parceria com seu filho Robert. Na década de 1950, passou a empresa para o nome do filho que seguiu no comando  Em 1993, uma série de novos talentos deu à marca uma grande variedade de produtos de alta-costura, acessórios e perfumes. Ficou conhecida por suas roupas em estilo clássico e elegante. Atualmente o estilista Peter Copping cuida da direção criativa da marca.

Em 1990 Peter Copping apresentou ao mundo rarefeito da alta costura sua primeira coleção própria, enquanto estudava na Royal College de Londres de Arte quando foi enviado a Paris para um estágio no atelier de Christian Lacroix. Depois de formado, foi trabalhar para a empresa italiana Iceberg, antes de retornar a Paris, em 1994, para uma temporada no Sonia Rykiel. Em 1997, trabalhou para a Louis Vuitton, ao lado de Marc Jacobs. Passou 12 anos na Vuitton, alguns como diretor do estúdio de moda feminina, quando ele foi escolhido para ajudar a revitalizar a marca Ricci.

Nina Riccie m parceria com o grupo francês Vanderschooten,  lança a primeira linha da grife com itens para o lar. Foi divulgada uma imagem de um dos jogos de cama, no tom pastel sempre trabalhado pela Maison em suas passarelas.

Inverno 2013 – A mulher idealizada pela Nina Ricci para a temporada de inverno 2013 oscila  entre romantismo e elegância.

“Pensamos em uma coleção atual, vista por uma jovem que experimenta peças do guarda-roupa de sua mãe e avó”, explicou o designer Peter Copping antes do desfile.

Peças ultra femininas, com transparências e rendas que remetem a baby dolls, ou itens poderosos, como saias de fendas generosas. Casaquetos de materiais pesados, entre eles o tweed.

A cartela de cores teve rosa e lilás junto a preto, vermelho e marrom. Estampas florais e poás coloriram vestidos de silhueta lady like, trazendo um toque contemporâneo com os detalhes em pelo e pele. Os comprimentos vieram na altura dos joelhos e as luvas de couro apareceram em diversas produções.

 Nina RicciNina RicciNina RicciNina RicciNina RicciNina RicciNina RicciNina RicciNina RicciNina RicciNina RicciNina RicciNina RicciNina RicciNina RicciNina RicciNina RicciNina RicciNina RicciNina RicciNina RicciNina RicciNina RicciNina Ricci

280213-rcc_fw13_009

280213-rcc_fw13_020

280213-rcc_fw13_024

280213-rcc_fw13_102

280213-rcc_fw13_118

280213-rcc_fw13_133

Pesquisa:

http://modaspot.abril.com.br/

http://ffw.com.br/

Sobre Senhoras na Moda - Vanda Panzica

Sempre gostei muito de moda e de criar ou tirar idéias para montar meu próprio look. Com a idade temos que observar mais detalhes que nos ajudem a conservar a elegância, esconder imperfeições, realçar belezas que a idade ainda não apagou, além de nos preocuparmos com looks de custos razoáveis. Senti falta de blogs direcionados à nossa faixa etária e foi então que resolvi criar este, aos 58 anos de idade.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s